Por 9 votos a 2, STF mantém decisão sobre rito do impeachment

stf

Por 9 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve hoje (16) decisão da Corte que, em dezembro do ano passado, definiu as regras de tramitação do rito do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff que tramita na Câmara dos Deputados. Com o resultado, fica mantida a decisão que invalidou a eleição da chapa avulsa, por meio de voto secreto, integrada por deputados de oposição ao governo, para formação da comissão especial da Câmara dos Deputados que conduzirá o processo.

A Corte julgou recurso do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para modificar o julgamento sobre as regras de tramitação do impeachment. Na votação, os ministros Edson Fachin, Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Marco Aurélio, Celso de Mello e o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, acompanharam o relator, Luís Roberto Barroso. Dias Toffoli e Gilmar Mendes divergiram de Barroso.

Uma resposta

  1. Deputados pedem renuncia de DILMA a após grampo divulgado pela POLÍCIA FEDERAL. Grande protesto em frente a palácio do planalto…O ruído nem começou………..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias

Henrique Alves, O Faltoso

Postulante à presidência da Câmara, o deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) é o quarto mais faltoso nas sessões plenárias. Não esteve em 47% das

Leia Mais

É isso aí!

Os internos do sistema de prisional do Rio Grande do Norte têm, desde o início do mês, o dever cívico de cantar, em um dia

Leia Mais

Saúde Pública em alta

Em nível nacional e, também, nas pesquisas realizadas nos estados brasileiros, a principal queixa do eleitor foi dirigida à Saúde Pública. A mídia promove mais

Leia Mais