Policial civil é preso suspeito por extorquir comerciantes

Uma equipe da Delegacia Especializada Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) prendeu, em cumprimento a mandados de prisão, o agente de Polícia Civil Pedro Lopes Barbosa (46 anos) e Hariuche Pereira dos Santos (30), na manhã desta quinta-feira (15). O policial civil e o outro homem são acusados de extorquir comerciantes que vendiam cigarros contrabandeados.

As investigações tiveram início após a realização de furtos de cargas de cigarros, que estavam ocorrendo em Parnamirim. Primeiramente, a Deprov conseguiu prender um destes receptadores. Com a prisão do primeiro suspeito, descobriu-se que o grupo criminoso agia furtando cigarros e também extorquindo comerciantes que vendiam os cigarros contrabandeamos, vindos do Paraguai.

“As nossas investigações revelaram que a ação do grupo acontecia da seguinte maneira: informantes repassavam o local onde a carga estava sendo vendida e um grupo chegava até o comerciante, em uma viatura da Polícia Civil, afirmando que todos eram agentes da Polícia Civil do RN. Para que o comerciante não fosse preso em flagrante, eles apreendiam toda a carga de cigarro e depois revendiam para outros comerciantes”, detalhou o delegado Márcio Delgado, titular da Deprov.

Dentre o grupo, que se dizia ser formado por policiais civis, apenas um era de fato agente de polícia. “O policial civil foi reconhecido como sendo um dos integrantes do grupo”, disse o delegado Márcio Delgado. Pedro Lopes Barbosa e Hariuche Pereira (30) estão sendo ouvidos na Deprov e poderão ser indiciados por furto, extorsão e associação criminosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Categorias