PMDB causa saia-justa para Dilma nos estados

PT PMDB 2VEJA – Base de sustentação política do governo Dilma Rousseff, a união PT e PMDB, reeditada com a candidatura à reeleição da presidente e seu vice, Michel Temer, repete-se em dez disputas regionais neste ano – não necessariamente nas cabeças de chapa dos Estados. A quantidade é equivalente aos Estados em que o PMDB divide o palanque com o PSDB, do senador Aécio Neves – nove vezes.

O PMDB aliou-se ainda ao PSB, do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, em oito estados. Apesar da igualdade numérica de palanques, os dez estados em que PMDB e PT se coligaram concentram somente um quarto (25,6%) do eleitorado nacional. As nove unidades da federação onde há aliança PMDB-PSDB reúnem 30,1% dos votos.

A situação é inversa à da disputa de 2010. Naquele ano, PMDB e PT estiveram na órbita do mesmo candidato em catorze estados – o dobro de vezes que o PMDB apoiou candidatos tucanos. Na ocasião, aqueles Estados representavam 46,3% do eleitorado, ao passo que a dobradinha PSDB-PMDB concentrava 32,2% do eleitorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

A prefeitura de Caicó pagou?

Além de vários inquéritos na justiça contra a prefeitura municipal de Caicó um deles chama a atenção: – Quer saber de que ‘forma’ a prefeitura

Leia Mais

A quaresma da Lava Jato

“A Lava Jato vai entrar no final de fevereiro ou começo de março num ritmo mais forte. Quem diz é quem acompanha as investigações. Há

Leia Mais

Mão de vaca

A senadora e pré-candidata ao governo do Rio Grande do Norte Fátima LULA Bezerra não contribuiu com a ‘vaquinha’ em prol da campanha de Lula.

Leia Mais