Planos de Carlos Alberto eram de levar PSOL à aliança com PT

A ida tática do professor Carlos Alberto para o PSOL em abril nada mais era do que uma estratégia petista para tentar atrair a legenda à formação de uma aliança de esquerda, podendo ele ser indicado a vice da governadora eleita Fátima Bezerra (PT). Deu errado. O PSOL continuará longe do PT e Carlos Alberto voltará ao seu partido de origem, premiado com um cargo na gestão estadual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias

A dúvida de Moro

Em evento promovido pelo Observatório Social, o juiz Sérgio Moro questionou: “Por que os partidos não expulsam seus membros envolvidos em corrupção?”. É escândalo atrás

Leia Mais