PF indicia ex-jogador Edílson é indiciado por quatro crimes

Investigado na operação contra fraudes de pagamentos de loterias da Caixa Econômica Federal (CEF), o ex-jogador da seleção brasileira Edílson da Silva Ferreira, conhecido como Edílson Capetinha, foi indiciado, nesta segunda-feira (14), por crime organizado, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e tráfico de influência. Em depoimento à Polícia Federal, nesta tarde, ele negou as acusações e segue em liberdade.

“Edílson foi indiciado com as provas contidas na investigação e que são corroboradas com o material apreendido na casa de alguns investigados. Isso reforça o contato direto entre ele e os principais investigados”, disse ao G1 a delegada Marcela Siqueira, responsável pelas investigações. Ela explicou que a participação dele era no recrutamento e acesso aos gerentes da Caixa para participarem do esquema, mas, por enquanto, não há ordem judicial para prisão do ex-jogador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

junho 2022
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias