Pesquisa mostra que 67% dos brasileiros pretendem quitar dívidas até o final do ano

fazendo_as_contasPesquisa do Serasa Consumidor revelou que 67% dos brasileiros desejam quitar as dívidas até o final deste ano. A esperança é que os cortes no orçamento e uso do 13º salário ajudem a “limpar o nome” dos inadimplentes. O estudo mostrou ainda que o desemprego é o principal causador da inadimplência no país, apontado como razão do atraso nos pagamentos por 26% dos entrevistados.

O Serasa Consumidor divulgou que parte da motivação dos brasileiros por quitar as dívidas antes do dia 31 de dezembro vem da vontade de renovação, deixando as contas atrasadas no “ano velho”. Outra razão é a busca das pessoas por limpar o nome para obter crédito pensando em pagar as despesas que vem no mês de janeiro, como matrícula e material escolar e impostos.

A pesquisa ouviu 8.288 consumidores nas agências da Serasa em todo o Brasil. O estado de São Paulo apresentou o maior percentual de pessoas com intenção de quitar as dívidas até o ano novo, com 72% dos consumidores. Já o desemprego foi apontado como causa da inadimplência por 34% dos paulistas, índice acima da média nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

Fica quieto, Ivan!

Mesmo ocupando uma pasta por cima de pau e pedra no governo de Robinson Faria consta comentários de que o ex-prefeito de Assu Ivan Jr

Leia Mais

Dois bispos em Mossoró

Mossoró poderá ter, em breve, um segundo bispo na Igreja Católica. Pela grande área de atuação da Diocese de Santa Luzia, a Igreja poderá designar

Leia Mais

164 estupros por dia

Ainda segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o número de estupros no país cresceu 8,4% em relação a 2016, chegando a 60.018 estupros —164

Leia Mais

O bloco de Huck

Luciano Huck quer esfriar as conversas sobre sua candidatura. Ele está preparando um comunicado para negar essa possibilidade. Mas O Antagonista aposta que, depois do

Leia Mais