Parte dos réus do mensalão pode ter novo julgamento no STF

O ex-ministro José Dirceu e outros 11 condenados do mensalão terão uma espécie de “novo julgamento” no Supremo Tribunal Federal. Com isso, Dirceu, o ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha (PT-SP) e outros petistas do chamado “núcleo político” do mensalão poderão se livrar de cumprir pena em regime fechado.

Cinco ministros do Supremo ouvidos pelo Estadão confirmaram a tese de novo julgamento por conta de recursos dos condenados. Esses ministros adiantam que há maioria na Corte para que sejam admitidos os chamados embargos infringentes – recurso previsto quando há pelo menos quatro votos contra a condenação do réu. No caso de Dirceu isso ocorreu na acusação de formação de quadrilha, enquanto com Cunha o placar que permite a revisão da pena foi registrado no crime de lavagem de dinheiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
Categorias