Para Dilma, aliança Marina-Campos é ‘oscilação conjuntural’

dilma rede socialA presidente Dilma Rousseff estabeleceu nesta sexta-feira o dia 1º de janeiro de 2014 como a data em que começará a se ocupar do tema eleitoral. Em entrevista para rádios locais, a presidente voltou a dizer que foi eleita para governar e que não pode “pensar em eleição no café da manhã, no almoço e no jantar” sob pena de comprometer a administração. “Tenho obrigação de cuidar do governo. Obrigação não só moral, mas também política e ética e com meu povo. Se ficar só pensando na pensando na eleição do ano que vem, não governo”, afirmou a presidente a’O Globo.

A data foi estabelecida por Dilma em função da indefinição atual das candidaturas. Perguntada sobre a aliança entre Marina Silva e Eduardo Campos, a presidente disse que todas as candidaturas têm “absoluta legitimidade” e que “oscilações conjunturais” são naturais num processo eleitoral (Ouça o áudio). Desviando do assunto, ela ressaltou mais de uma vez que a prioridade é governar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2023
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

O Dia dos Pais políticos

Muitos de nós celebramos o Dia dos Pais, ontem (14), e com os políticos não foi diferente. E cada postou esses momentos de confraternização. Tem

Leia Mais