“País do Zap Zap”: Brasil envia “4 vezes mais áudios de WhatsApp do que em qualquer outro país”, diz Mark Zuckerberg

O Brasil é o país que mais usa a ferramenta de mandar áudios nas conversas do WhatsApp em todo o mundo. A informação foi divulgada pelo CEO da Meta (dona de Facebook, Instagram e WhatsApp), Mark Zuckerberg. Segundo ele, o país envia quatro vezes mais mensagens de voz no aplicativo.

A fala do executivo foi transmitida durante o evento global 3º Meta Conversations, que aconteceu no Pavilhão do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, na quinta-feira (6).

O evento é voltado para os negócios de mensageira, e novos recursos de inteligência artificial (IA) foram anunciados para o WhatsApp, na sua versão Business, Instagram e Facebook.

O país é o segundo maior mercado de uso do WhatsApp e líder mundial no negócio de mensagens, por isso a cidade brasileira foi escolhida para sediar o evento da Meta.

O Meta Conversations aborda o consumo e futuro das ferramentas de conversação.

“Um país que realmente abraçou o poder da mensageria para se conectar, expressar-se e fazer negócios. Vocês tornaram o ‘Zap Zap’ algo próprio e vocês estão entre as pessoas mais ativas do mundo no app”, diz Zuckerberg.

Na transmissão, o fundador da rede social com mais de 2 bilhões de usuários anunciou também a criação da assistente de inteligência artificial Meta AI ao WhatsApp, Instagram, Facebook e Messenger.

O serviço está previsto para chegar no Brasil em julho. A Meta AI é um chatbot (assim como o ChatGPT) que chegará em português e vai interagir com os usuários nas redes sociais das empresas, criando textos, respondendo perguntas e gerando imagens.

“Estou feliz em anunciar que vamos lançar o Meta AI em português no próximo mês, junto com vários outros idiomas. Isso significa que mais pessoas ao redor do mundo vão poder fazer perguntas ao assistente em qualquer um de nossos aplicativos”, explica Zuckerberg.

Apresentada em abril, a IA da Meta usa o grande modelo de linguagem (LLM) Llama 3, que funciona como uma espécie de cérebro e vai atender os usuários conforme as demandas.

A Meta quer ajudar as empresas por meio das funções mais usadas no WhatsApp, como responder às perguntas dos clientes e ajudá-los na tomada de decisão no consumo de produtos, assim como entregar agentes de IA para que eles interajam entre clientes e empresas conforme suas características.

“Nossa visão não é apenas construir um único assistente de IA, mas também habilitar muitas IAs diferentes que podem atender a propósitos diferentes, inclusive para empresas”, argumenta o CEO da Meta.

Foi liberada para os usuários brasileiros uma nova integração do serviço de mensagens com o Pix para os negócios que usam o WhatsApp Business.

A atualização permite a criação e o envio de chaves Pix pelo aplicativo na conversa, facilitando as transações e compras.

Além disso, está disponível também o Meta Verified, o selo de verificação no perfil.

Quando se paga por ele, além de ser verificado com o selo na cor azul, o usuário tem mais funcionalidades liberadas no aplicativo.

O serviço custará a partir de R$ 55 mensais, mas pode subir conforme a demanda do cliente. Este serviço já existe no Facebook e Instagram desde junho do ano passado.

“Será mais fácil para pequenas empresas construir credibilidade com seus clientes e fortalecer suas marcas de forma que os clientes se sintam mais confiantes ao entrar em contato com o estabelecimento”, diz o executivo em nota sobre o Meta Verified.

Por SBT News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias