Padre faz desabafo durante missa em Jardim do Seridó

Ao final da celebração da santa missa dominical deste dia (4), o pároco de Jardim do Seridó, Pe. Amaurílio José da Silva falou sobre um abaixo assinado feito por algumas pessoas da comunidade católica jardinense e encaminhado em mãos ao Bispo de Caicó, Dom Manoel Delson Pedreira, onde esses fiéis pedem sua saída da paróquia de Nossa Senhora da Conceição.

Segundo afirmou Padre Amaurílio, na semana passada estava no Centro Pastoral Dom Wagner, em Caicó, e testemunhou pessoalmente um pequeno grupo de jardinenses solicitando ao senhor Bispo, sua transferência para uma outra paróquia.

Padre Amaurílio, que possui total confiança do Bispo de Caicó, declarou em tom calmo, porém firme: ‘Pode gastar canetas e papel. Eu não vou sair não viu? Nem espere! Eu vim para ficar seis anos. E acho que vou ficar mais tempo“. Finalizou sob uma grande salva de palmas dos fieis presentes à Matriz.

Por Bira Viegas

4 respostas

  1. Ô Padre arrochado. Me lembra um certo Monsenhor que partiu a pouco mais de um ano. Valeu Pe. Amaurílio

  2. Querido Padre Amaurilio caso o senhor queira deixar Jardim do Seridó venha de volta para Cruzeta que nós o receberemos todos de braços abertos pois o temos como um grande líder religioso e acima de tudo um pastor preparado para sua missão divina de levar a palavra de Deus a todos os homens.

  3. Dom Delson, por favor,continue firme nas vossas ideologias, pois assim estarás fazendo o bem e agradando a Deus e ao humilde rebanho do seridó que pastoreia.

  4. Oh! Pai Eterno precisamos de Sacerdotes leais e puros como Vosso Filho os instruiu. … “Tu és Sacerdote para sempre! Segundo a ordem de Melquisedéc, Pe. Amaurílio!

    Já o outro, todo mundo sabe a quem me refiro, eu não sei…

    Bjoca Robson!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias

Os tempos mudaram

Fernando Gabeira desmontou a demagogia da imprensa: “Houve um certo drama porque os pobres foram fotografados por soldados. Quem dramatiza são pessoas da classe média

Leia Mais