Os R$ 3,6 bilhões assombraram os autores. Desistiram

IMG_0611Com medo da reação negativa da opinião pública, a Câmara derrubou ontem o valor de R$ 3,6 bilhões para o novo fundo eleitoral que a reforma política pretende criar. Apesar disso, a questão não está resolvida.

Haverá um debate ainda entre apostar num novo fundo público de financiamento que teria o valor fixado pela Comissão de Orçamento do Congresso ou tentar retomar no Senado a ideia de financiamento privado de empresas. Por ora, parece que vingará o fundo público, mas não deve ser descartada a volta do financiamento privado empresarial.

Os políticos estão preocupados com recursos para as campanhas do ano que vem. Esse assunto ainda vai ser decidido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

Categorias