Oposição fica contra comissão que investigaria supostas ilegalidades da ex-prefeita de Apodi

Vereadores da oposição na Câmara Municipal de Apodi derrubaram decreto da prefeitura que propunha criar uma comissão especial, visando investigar possível irregularidade em enquadramentos ilegais de servidores realizados pela ex-prefeita Goreti Pinto.

A medida foi proposta pelo Poder Executivo porque há indícios de que a medida, tomada pela gestão anterior, fere os princípios constitucionais e engessa o município que está com as contas acima do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal.

As suspeitas são de que a comissão escolhida à época para conceder os benefícios possa ter sido formada por pessoas ligadas à então gestora. Nesta semana, o Ministério Público Estadual agiu no mesmo sentindo, quando abriu inquérito civil público para apurar supostos atos de improbidade administrativa, sob a forma de violação aos princípios constitucionais da legalidade, impessoalidade e moralidade, consistentes nas reclassificações indevidas de dezenas de servidores públicos municipais.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias