Opinião de leitora do blog sobre desenvolvimento de Caicó. Valeu!!!

Fátima Santos | [email protected] | IP: 200.164.64.82

Robson,

Quero parabenizá-lo pelo brilhante comentário feito a respeito da regressão da nossa querida Caicó. Isso há muito tempo venho observando, e a tendência é que continui, ou seja a migração dos caicoenses.
A nossa juventude não têm perspectivas na nossa cidade, é só observarmos o crescimento do trabalho informal onde se ver, principalmente, três modalidades de oferta de trabalho: mototaxista, venda de produtos piratas e mesinhas de jogo de bicho em cada esquina.
Isso tudo é fruto de uma política estagnada existente em nossa cidade que já fora a 3ª do Estado, hoje é a 6ª. Nossos políticos, infelismente, só pensam em interesse próprio ou de familiares, e nas vésperas de eleições compram a consciência do povo distribuindo sopões nas periferias. O povo é frágil, e com fome, pensa com a barriga.
Caicó precisa de desenvolvimento econômico que só virá com atrativos para a indústria, e esse atrativo só quem pode oferecer é a classe política, como exemplo pode-se citar o crescimento de Mossoró e a grande Natal.
Caicó tem mão-de-obra farta e barata porque a grande maioria não tem qualificação profissional que se contenta com um salário mínimo, mas falta quem ofereça esta oportunidade.
Precisamos que esta população sofrida acorde e passe a eleger pessoas com espírito de crescimento econômico para a nossa região, pois assim continuando, chegaremos dentro de poucos anos, a 10ª cidade do Estado.

É triste a gente ver a querida Caicó regredindo.
Um grande abraço.

Fátima Santos
Barra Nova – Caicó
3417-1482

2 Responses

  1. Parabéns Fátima Santos pela sua opinião franca, sincera e muito bem embasada. Será que esses pseudos representantes políticos locais não tomam vergonha e olham mais para a população?

  2. Este é o grande problema do nosso país, precisamos mudar! Entretanto, perguntamos ao mesmo tempo, para onde? A política partidária se transforma a cada dia em balcões de negócios, os políticos são disputados pelos partidos, não por suas idéias ou por seus valores intelectuais, mas por suas habilidades de enganar o povo. E o povo? No salve-se quem poder acaba apoiando a quem lhe oferecer mais, mesmo sabendo que não vai receber, ou seja, os interesses pessoais se sobrepõem aos interesses coletivos, e assim caminha a calamidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias