O eleitor tem o direito de condenar Lauro Maia ou compete a justiça?

Caberá a justiça oferecer a sentença final contra o advogado Lauro Maia que é candidato a deputado estadual pelo PSB nas eleições deste ano.

Lauro é acusado de ser componente principal de um dos maiores escândalos do governo da sua mãe, a ex-governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria: A Operação Hígia.

O advogado chegou a ser preso pela polícia federal.

Ele ainda não foi julgado. E tem direito de defesa. Como a campanha política já começou, os adversários vão aproveitar do fato para condená-lo junto ao eleitorado norteriograndense. Antes mesmo da sua defesa.

Só quem poderá assegurar que Lauro é inocente ou culpado é a justiça.

Até lá, ele é apenas suspeito. Ou não?

O eleitor poderá julgá-lo?

7 respostas

  1. Mas claro! Basta não mais votar no cara, ora. Quer punição maior que tirar-lhe a boquinha que é um cargo de deputado na AL potiguar?

  2. Logico que podemos, estar em nossas mãos, alias em nossos DEDOS!
    Vamos lascar ele e sua campanha em BANDAS DE LATAS, e depois jogar no lixo da CADEIA.

  3. O que me deixa mais revoltado ainda é que depois de tudo isto, ainda tem prefeitos de cidades do nosso estado que apoiam este sujeito para deputado. Por isso que a política brasileira não vai para frente!

  4. Isso fica a cargo da justiça, entao nao teriamos nenhum político pra voltar pois a maioria tem algum escandalo!! enquanto o povo ver o melhor para cada cidade!!!só sei q Frutuoso Gomes Lauro é disparado em primeiro lugar com o apoio de Dr Lucídio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias