“O cala-boca já morreu”, diz Cármen Lúcia em encontro sobre imprensa

carmen_lucia

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, disse hoje (20), em São Paulo, que o “cala boca já morreu”, referindo-se ao direito da imprensa de repassar informações aos cidadãos. A afirmação foi feita em resposta a uma jornalista a respeito das restrições que às vezes são impostas sob o argumento de necessidade de sigilo.

Ela disse que, no âmbito do STF, a Corte dará cumprimento, como tem feito reiteradas vezes, ao exercício de uma imprensa livre e “não como poder, mas como uma exigência constitucional para se garantir a liberdade de informar e do cidadão ser informado para exercer livremente a sua cidadania.”

A ministra afirmou que “não há democracia sem uma imprensa livre. Não há democracia sem liberdade. Ninguém é livre sem acesso às informações”.

“Deixa o povo falar”, disse a ministra, citando crônica do escritor e jornalista Fernando Sabino. A presidente do STF fez as afirmações pouco antes de ministrar palestra do fórum da Associação Nacional dos Editores de Revistas (Aner), na Escola Superior de Propaganda e Marketing, na Vila Mariana, zona sul da cidade de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Vai ou racha

Há uma movimentação no Senado  e do interesse do governo  para antecipar para a próxima semana a votação em plenário da indicação de Alexandre de

Leia Mais

Vão botar a mãe no meio

Acha que há candidatos demais à Presidência? Pois o número se reduziu muito, falando-se apenas dos mais conhecidos; e, do jeito que a coisa vai,

Leia Mais

Chuva em Acari foi de 80 mm

A chuva no Açude Marechal Dutra, “o Gargalheiras”, em Acari foi de 80 mm a população agradece e roga que mais chuva venha para encher

Leia Mais

Depende do embalo

O vereador caicoense José Rangel que disse que seria candidato a prefeito nas eleições de 2020 não será. Ele apenas jogou pra platéia. Se colar,

Leia Mais

Governo contrata TV Cabugi

O Governo do Estado, através do Secretário Extraordinário para Gestão de Projetos, Vagner Araujo, firmou contrato no valor de R$ 1.223.700,00, com a TELEVISÃO CABUGI

Leia Mais