Número de ministérios no governo Lula pode chegar a 40 com a criação do Ministério da Indústria

Maior representante do setor, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) defendeu, nesta terça-feira (5), a proposta do novo governo de retirar o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) do guarda-chuva do Ministério da Economia e torná-la outra vez uma pasta independente. Com isso, Lula deve ter 40 pastas sob seu governo.

Em evento organizado para jornalistas, Mário Sergio Telles, gerente executivo de economia da CNI, disse que o plano apresentado durante a campanha de Lula é bem-vindo, pois “dá instrumentos para a realização de uma política industrial moderna”.

“Precisamos de um Mdic forte, isso é essencial para a implementação de uma política industrial eficiente. O plano de retomada que foi apresentado para os candidatos e, agora, para o presidente Lula contempla não só a política industrial, mas outras medidas para que o setor e a economia possam crescer mais a partir da correção de problemas e distorções”, diz Telles.

Questionado se o plano da CNI contemplaria desonerações fiscais, como ocorreu de forma ampla durante os últimos governos, em especial durante o mandato da ex-presidente Dilma Rousseff, Telles diz que a política industrial moderna “não necessariamente exigirá mais, do ponto de vista fiscal”.

“Não vejo o crescimento da indústria atrelado a desonerações. É o oposto, na verdade, uma vez que o setor é um dos mais tributados e com um sistema de impostos cheio de distorções”, afirma o gerente da CNI.

Ele esclarece que a defesa da CNI é para que o próximo governo não aumente a carga tributária, mas que entende que, caso não seja possível reduzir impostos, é urgente acabar com distorções na forma de recolhimento das contribuições.

“Por outro lado, todo país tem incentivo para a inovação. O Brasil também tem, mas muitas vezes são incentivos ineficientes”, critica Telles.

2 respostas

  1. Aí é o que se pode denominar de “VÁLVULA DE ESCAPE “, do dinheiro público, quanto maior a quantidade de ministérios, melhor pra destruição de dinheiro; depois faz-se a “CONTABILIDADE” e fica tudo “CERTINHO”, com a prova dos nove foras.
    AFINAL,SÃO NOVE DEDOS À DEDILHAR!

  2. Cabido de emprego para os ” COMPANHEIRO(A), não acredito mais neste país.
    Quero vê LULA = L , tomar cerveja resolver a guerra da UCRÂNIA. E, BOLSONARO dançou qdo pediu 100 de segredo qdo foi a RÚSSIA, pelo o contrário PUTIN não deu a mínima, já TRUMP exaltou o nome de BOLSONARO para PRESIDENTE. Está pagando seu preço. Perdeu! Assuma quem ganhou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

fevereiro 2023
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728 
Categorias