Penso, logo existo...

Depois de 7 horas de depoimento, Moro reiterou acusações e entregou novas provas contra Bolsonaro

Em quase oito horas de depoimento, o ex-ministro da Justiça Sergio Moro reiterou acusações e entregou novas provas contra o presidente Jair Bolsonaro sobre sua atuação para intervir diretamente na Polícia Federal. Além das mensagem que Moro já mostrou ao programa “Jornal Nacional”, da TV Globo, o ex-ministro apresentou novas provas envolvendo Bolsonaro. A oitiva foi conduzida pela delegada Christiane Correa Machado, chefe do grupo que apura os inquéritos que correm no Supremo Tribunal Federal, batizado de Sinq (Serviço de Inquéritos Especiais), e por procuradores da equipe do PGR, Augusto Aras. Moro depôs na superintendência da PF, em Curitiba, no inquérito que investiga as acusações de interferência no órgão que fez contra presidente Jair Bolsonaro ao pedir demissão de seu governo.

Comentar

  • Sérgio Moro começou a gravar os prints e os diálogos com o Presidente Bolsonaro, desde o primeiro dia que foi empossado no Ministério da Justiça. Isso se chama mau caráter. Traição de quem escarra no prato que comeu. Bolsonaro é um abençoado por Deus, todos os traidores estão sendo desmascarados. Graças a Deus não deu tempo dele assumir o STF, que faria pior.Sérgio Moro jogou a biografia dele no lixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *