“Nossa candidatura é algo diferente em Caicó”, diz Nildson Dantas

nildson87

O pré-candidato do PSD, Nildson Dantas acredita estar preparado para administrar a prefeitura de Caicó caso seja eleito nas eleições de 2016. Em entrevista à Rádio Povo FM, o vereador que tem respaldo com vários anos de mandato como vereador e presidindo a mesa diretora, secretário de Saúde e de Agricultura. Além disso, tem uma história de luta ao lado do deputado estadual Vivaldo Costa onde o relacionamento político está um pouco abalado, já que membros da família Costa vetaram que o Papa Jerimum defendesse o seu projeto.

Sobre a possibilidade do apoio do governador Robinson Faria manchar com o seu projeto, Nildson afirmou que vai abrir mão deste apoio. “Eu não abro mão do apoio do governador Robinson Faria a nossa candidatura, ele tem se empenhado bastante para resolver diversos problemas no município”.

O pré-candidato a prefeito do PSD ainda aproveitou para externar um pensamento vindo de vários caicoenses sobre a viabilização das pré-candidaturas de Judas e Deibi Dantas que na sua opinião é duvidosa, já que de acordo com alguns relatos algumas pessoas têm questionado o porquê de dois jovens atrapalharem os seus estudos ainda em andamento para investir num sonho político. “Nossa candidatura traz algo diferente para Caicó. Nós planejaremos e executaremos mesmo com os poucos recursos”, disse Nildson Dantas.

Uma resposta

  1. O edil foi muito despreparado em se lançar como pré-candidato a prefeito, sem ter reagido ao eleitor de forma intensa para adquirir a solidez mínima necessária e alavancar sua campanha política,deveria ter colhido opiniões criticas de pessoas sinceras e não de bajuladores.
    Perdeu tempo e as oportunidades de se credenciar ao carago a que postula!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

janeiro 2023
DSTQQSS
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031 
Categorias

Cala a boca Lula!!!

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou que as pessoas vão as ruas por “irracionalidade emocional”. Perguntar não ofende: E Lula sabe o que

Leia Mais