No Dia de Combate ao Fumo, Hermano alerta sobre malefícios do cigarro

hermano

O Dia Mundial de Combate ao Fumo, celebrado nesta terça-feira (31), foi marcado na Assembleia Legislativa através do pronunciamento do deputado Hermano Morais (PMDB). Ele começou o discurso falando de um caso pessoal, e lamentou a morte de sua mãe provocada pelo uso do cigarro.

“Eu sou uma vítima do cigarro porque perdi a minha mãe. Por isso, faço questão de alertar sobre os riscos do tabagismo. O fumo é fator casual de 50 doenças diferentes. O cigarro é prejudicial ao meio ambiente e aos seres humano e as estatísticas demonstram que 45% das mortes por infarto, 85% das mortes por doenças pulmonares, 25% das mortes por doença no cérebro, 30% das mortes por câncer são atribuídas ao cigarro”, alertou.

O deputado também citou mais dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), que mostram que 90% dos casos de câncer de pulmão tem correlação com o cigarro. “É um dado alarmante. A cada dez segundos um fumante morre no mundo”, afirmou o deputado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias