‘Não há provas de quadrilha’, diz Dirceu

dirceu estadao
O ex-ministro José Dirceu protocolou nesta quinta-feira, 31, um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) com o qual pretende se livrar da condenação por formação de quadrilha. O advogado dele, José Luís de Oliveira Lima, explicou que encaminhou ao STF um embargo infringente sustentando que não há provas da existência de uma quadrilha.

Lima contou que o recurso é baseado nos votos dos quatro ministros do Supremo que, no julgamento original, concluíram que Dirceu não esteve envolvido com esse crime. “Eu me apoio nos votos dos ministros Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Rosa Weber”, disse ao Estadão. Como o placar na votação sobre formação de quadrilha foi apertado, Dirceu tem direito ao chamado embargo infringente que, na prática, garante um novo julgamento.

Uma resposta

  1. lamentável como os meios de comunicação dão oportunidade para essa categoria de gente que a sociedade ja delegou o desprezo mas continua a escreve asneiras em defesa própria ,
    vai cria seus neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

O Feijão nosso de cada dia

Temos que agradecer, mais uma vez, a Dilma Rousseff pelos “avanços” para o Brasil. Em outubro do ano passado, o Brasil faz uma doação de

Leia Mais

Agripino, de jeito nenhum!

Decididamente a prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini não irá apoiar a pré-candidatura à reeleição do senador José Agripino Maia nas eleições deste ano. Rosalba não

Leia Mais

Vacina não pode ser “forçada”

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por unanimidade, nesta quinta-feira (17/12), que a vacinação contra o novo coronavírus é obrigatória, mas não pode ser “forçada”. Nesse

Leia Mais