‘Não foi execução; foi latrocínio’, diz sobrinho de empresário morto no RN

G1/RN – A família de José Rosemberg Saldanha, de 55 anos, empresário morto a tiros na noite desta terça-feira (29) dentro de uma caminhonete em frente a um condomínio no conjunto Cidade Satélite, na Zona Sul de Natal (veja o vídeo acima), acredita que ele foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). Responsável pelo caso, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) trabalha o caso em sigilo, mas a delegada Jamille Alvarenga admite que o latrocínio é uma das linhas de investigação.

rosembergNa manhã desta quarta (30), em contato com o G1, o sobrinho do empresário disse suspeitar que o tio foi baleado porque reagiu ao assalto. “Não foi uma execução, como muitos estão falando por aí. Foi latrocínio. Acreditamos que os bandidos queriam levar o carro dele. É uma caminhonete Amarok, um veículo possante e que é muito utilizado em assaltos pelo interior do estado. É um carro que consegue rodar em qualquer tipo de terreno”, ressaltou Anderson França. “Ele até tinha algum dinheiro na carteira, mas acreditamos que o interesse dos criminosos era mesmo a caminhonete”, reafirmou.

“Como os criminosos não levaram nada, nem o carro nem o celular da vítima, deixando para trás a carteira e até mesmo o dinheiro, a princípio acreditamos tratar-se de um caso típico de execução. Depois, ao avaliarmos as imagens, já percebemos a possibilidade de ter acontecido uma tentativa frustrada de assalto, na qual um dos criminosos ficou nervoso e atirou após a reação da vítima, que relutou dentro do carro. Enfim, execução ou latrocínio são possibilidades que não podemos descartar. Qualquer conclusão agora, assim de imediato, seria prematuro de nossa parte”, ponderou a delegada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias

Queda no contágio

Esta o jornalismo de funerária ignora: a média de novos casos de Covid-19 caiu 12,9% no Brasil desde o início do mês. Do auge de

Leia Mais