Não faz diferença, Lula

Em parecer enviado ontem ao TRF-4, o procurador Mauricio Gotardo Gerum afirmou que o ex-executivo da Odebrecht Carlos Augusto Guedes Paschoal teve um papel secundário, como colaborador, na condenação de Lula no processo do sítio de Atibaia.

Em julho, num processo por improbidade em São Paulo, ele afirmou que foi “quase coagido” em seu acordo de delação; depois, em agosto, retificou o depoimento, afirmando que prestou todas as informações de forma livre e espontânea e que se equivocou ao falar em coação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

outubro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias