Mudança polêmica no Bolsa Família pode ser votada por comissão do Senado

bolsa familia 2Deve ser votado na quarta-feira (26), em reunião da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) às 9h, o Projeto de Lei do Senado (PLS) 458/2013, que estabelece em lei as regras para o desligamento de beneficiários do Bolsa Família, hoje inseridas em decreto presidencial.

De autoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG), o projeto propõe que as condições de permanência no programa continuem a ser avaliadas a cada dois anos, mas garante que, caso se altere a situação de elegibilidade familiar, o benefício continue a ser pago por seis meses, como preparação para a saída do programa.

Na justificação do projeto, Aécio defende a mudança como necessária para evitar instabilidade na renda do trabalhador carente. Ele afirma que o período adicional para recebimento do benefício é importante para o trabalhador que consegue emprego e melhora sua renda, pois lhe proporciona um período de segurança até saber se irá manter seu emprego e sua renda em patamar satisfatório para a subsistência de sua família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

O plano B de Álvaro Dias

Se o prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), não renunciar à Prefeitura para concorrer ao governo, o vice Álvaro Dias (PMDB) voltará a disputar o

Leia Mais

Rede bolsonarista de TV

O Site Antagonista apurou que o governo de Jair Bolsonaro também queria que a Petrobras financiasse a Band, com anúncios. Em O Globo, Merval Pereira disse que o governo pediu

Leia Mais