MPF-SP pede anulação de regra da Anac que permite cobrança de taxa extra para despacho de bagagens

O Ministério Público Federal em São Paulo abriu processo para que a Justiça anule liminarmente as novas regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que autorizam as companhias aéreas a cobrarem taxas para o despacho de bagagens.

A cobrbança extra começa a valer no próximo dia 14. Segundo o MPF, a nova regra contraria o Código Civil e o Código de Defesa do Consumidor, além de ferir a Constituição por promover a perda de direitos já adquiridos pelos consumidores.

IMG_7416

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias

Apagão na Saúde do RN

A população voltará a sofrer as consequências da greve dos servidores da saúde. A partir desta segunda-feira, 15, às 6 horas, os atendimentos médicos no

Leia Mais

Congresso sem shopping

Rodrigo Maia deu uma boa notícia ao país: ele não quer saber do tal anexo com lojas no Congresso. “Sou contra este tipo de despesa

Leia Mais

Ditadura militar em Pernambuco

Virou DITADURA o toque de recolher anunciado pela secretaria de segurança pública de Pernambuco durante os festejos juninos de 2017. Retrocesso. Só pode ser brincadeira de

Leia Mais