MPF rejeita teste de sanidade mental em agressor de Bolsonaro

O procurador Marcelo Medina rejeitou o pedido dos advogados de Adélio Bispo de Oliveira para a realização de um exame de sanidade mental.

Para Medina, a defesa “não forneceu qualquer elemento concreto – laudo, atestado, prescrição, prontuário, histórico de internações ou afastamentos do trabalho – que suscitasse dúvida fundada sobre a sanidade mental do investigado, como exige a lei”.

“A alegação da defesa prende-se, na essência, aos próprios motivos e circunstâncias do crime, o que, conforme a jurisprudência, não é suficiente.”

O procurador ressalta que a palavra final é do juiz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

Nunca…

… Que o ex-deputado federal João Maia queira aproximação política com o governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria. Nunca!

Leia Mais

O ‘chamego’ de Flávio Bolsonaro

Um dia após confirmar que deixaria a presidência do PSL no Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro recuou e, agora, afirma que permanecerá no comando do partido no estado até junho, quando encerrará seu mandato como

Leia Mais

Styvenson quer aparecer

O senador eleito Capitão Styvenson (Rede) quis inovar, aparecendo. Deixou a equipe que o elegeu para trás e criou um processo seletivo para escolher seus

Leia Mais