Mossoró: MP opina por ilegitimidade da coligação de Cláudia Regina

claudia reginaO promotor eleitoral de Mossoró, Fábio de Wheimá Thé, opinou pela ilegitimidade dos partidos da coligação “Força do Povo”, composta pelo DEM e PP, encabeçada pela prefeita afastada, Cláudia Regina Freire (DEM). O MP entende que por ter sido alijada do processo, Cláudia não deveria ter qualquer participação no pleito suplementar de maio último, assim como o Partido Progressista, do deputado Betinho Rosado.

Caso essa decisão seja acatada, a Justiça pode extinguir todos os processos impetrados pela dita Coligação, incluindo as que pedem a impugnação de Francisco José Júnior (PSD), que foi vencedor da eleição suplementar. Mesmo não estando oficialmente na campanha, impedida inclusive de fazer publicidade até nas redes sociais, o grupo de Cláudia acionou diversas ações contra os demais candidatos. Somente no sábado que antecedeu o dia da votação, ocorrida no dia 4 de maio, foram entregues treze ações contra Francisco José Júnior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

O saldo até agora

Durante os sete dias de paralisação da Policia Militar, o Rio Grande do Norte registrou 50 homicídios e 360 roubos, sendo 163 de veículos.

Leia Mais

Alckmin volta a ser professor

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), derrotado na corrida presidencial, voltou a ser professor e está dando aulas numa Universidade Particular de São

Leia Mais