Modelo de isolamento social inteligente é debatido por classes sindicais

A crise econômica desencadeada pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19), que provocou a redução de postos de trabalho em diversos setores da economia primária, como as áreas da indústria e do agronegócio, até a área informal com os trabalhadores autônomos e MEI’s, pode ter como saída um modelo de isolamento social inteligente.

A proposta idealizada por classes sindicais do RN é uma alternativa para diminuir o prejuízo financeiro, com uma abordagem municipal para tornar mais flexível o retorno de atividades econômicas não essenciais, juntamente com os relatórios do governo estadual.

De acordo com o auditor fiscal e integrante do Movimento 65, Fernando Freitas, o modelo proposto tem como base uma análise municipal com os dados clínicos para os atendimentos pelo COVID-19.

“Estamos debatendo com o setor produtivo uma nova proposta de isolamento social inteligente, que leve em consideração as estatísticas de cada município em cima do número e velocidade de contágio, de adoecimento, de ofertas e demandas de atendimento clínico, internações clínicas, e de CTI/UTI. Com este modelo matemático definido, o governo terá condições de flexibilizar para o retorno total ou parcial de atividades econômicas não essenciais, que deverão garantir itens essenciais para o retorno das empresas como também do fluxo de consumidores”, explicou Fernando.

Para que o novo modelo de isolamento social seja colocado em prática, algumas medidas para a saúde coletiva devem ser aplicadas, como a reorganização dos horários de funcionamento do comércio, conforme os segmentos à população.

“Na proposta, é preciso reorganizar a jornada de trabalho corrida para cinco horas, com períodos distintos de funcionamento por segmentos e atividades econômicas. Outros itens necessários são a garantia da higienização total com disponibilidade de álcool gel e lavatórios; a distribuição de equipamentos de proteção individual (EPI) para todos os colaboradores e clientes; e obedecer ao distanciamento mínimo de 2 metros entre colaboradores e clientes”, completou.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Temer de volta a realidade

O presidente Michel Temer já se encontra no Palácio do Alvorada, após chegar, no final da tarde de ontem (28), da Base Naval de Aratu,

Leia Mais