Ministério Público recomenda que SESAP coiba a retenção de macas do SAMU

O promotor Carlos Henrique Rodrigues emitiu uma recomendação para Secretaria Estadual de Saúde. O Ministério Público quer que o secretário Luís Roberto Fonseca adote providências urgentes para coibir retenção de macas do SAMU nas unidades da Grande Natal. Esse fato é mais comum no Hospital Walfredo Gurgel.

No documento, o promotor alertou que “diretores dos hospitais em que a retenção de macas for verificada poderão ser responsabilizados pelo retardo ou impedimento do atendimento às ocorrências rotineiras do SAMU, devido à falta do socorro imediato”.

Carlos Henrique Rodrigues destacou ainda: “tal conduta afeta diretamente a qualidade e o tempo resposta dos atendimentos de urgência e emergência que necessitam da intervenção do SAMU, aumentando o risco de danos permanentes e/ou morte das vítimas das ocorrências”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias

Importação facilitada para armas

Armas, munições e produtos químicos poderão ter a importação facilitada. Uma portaria entre a Receita Federal e Exército, publicada na edição de hoje (15) do Diário

Leia Mais