Meu negócio é jornalismo, mas o jornalismo não é meu negócio…

Meu negócio é jornalismo, mas o jornalismo não é meu negócio…Sou jornalista, não comerciante, e reitero: o meu negócio é jornalismo, mas não faço do jornalismo um negócio. Entendeu ou vou ter que desenhar? Como diria um amigo jornalista. Não caiu em tentação. Suas ofertas não me atraem.

“A imbecilidade sempre leva vantagem sobre a sabedoria. Essa superioridade evidencia-se sobretudo quando o ignorante ignora por completo o conhecimento do sábio. Não há como ministrar conhecimentos a um tolo que se orgulha da própria tolice”.

Saiba que…

Ninguém me interessa tanto para que possa odiá-lo. Entretanto, estou consciente da minha dimensão. Hoje sou um assunto social.

A vida me deu valores importantes para preservar. Sou feliz e  realizado profissionalmente. Não tenho nenhum motivo de frustração. Jesus e Santana já foram bondosos demais comigo. Com você eu já não sei. Cada um carrega a sua própria cruz. A sua deve ser muito pesada. Diferentemente da minha. Não rio da desgraça alheia. Nunca. Mas, confesso que em alguns casos  é um. Que Deus me perdoe.

E lembre-se: este blogue é meu! Não é uma concessão pública. Nele, escrevo o que quiser. Doa em que doer.

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias