Melhor qualidade de vida pode evitar as dores crônicas

dor cronicaQualidade de vida é a receita para que as pessoas possam se prevenir e evitar as chamadas dores crônicas. O alerta foi dado à Agência Brasil pela neurologista Norma Fleming, responsável pelo Laboratório de Cefaleia da Clínica da Dor do Hospital Universitário Pedro Ernesto, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

A recomendação é que as pessoas não tenham sobrepeso para não sobrecarregar as articulações e aumentar a possibilidade de ter artrose, dor articular, dor lombar. “Se você mantém o seu peso adequado, se mantém atividade física, boa alimentação, pode evitar a dor crônica”.

Segundo Norma, de modo geral falta capacitação dos médicos para lidar com pacientes com dores crônicas. “O paciente com dor crônica é diferente do paciente com dor aguda”. Ela explicou que a dor aguda é um fenômeno importante para o corpo humano, “porque é um sinal de alarme para nos manter vivos”. As dores agudas podem resultar de fraturas, por exemplo, de um infarto do miocárdio, de peso excessivo que a pessoa carrega.

“Já a dor crônica é aquela em que ela passa a ser a doença. Ela não é sintoma de infarto ou de fratura. É a perpetuação de um estímulo e perde a função de alarme. É um fenômeno complexo, porque gera alteração emocional e cognitiva”. Isso significa que o problema do paciente de dor crônica não se resolve com analgésicos comuns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Rio Piranhas parece um deserto

A situação do Rio Piranhas/Assú se agrava com a estiagem, principalmente nas proximidades do município de Jardim de Piranhas/RN. “Parecendo muito mais com um deserto”,

Leia Mais

Não adianta

Não adianta comprar o iPhone 8. O iPhone X – que é o 10 – será lançado já já. Em comemoração aos dez anos da

Leia Mais