Manoel de Brito escreve livro sobre 60 anos de vida pública

manoeldebrito

Considerado uma enciclopédia ambulante da história política do Rio Grande do Norte, homem afável e de bom trato, Manoel de Brito construiu uma verdadeira legião de admiradores. Conviveu com as principais lideranças políticas do Estado, entre elas, Dinarte Mariz, Aluízio Alves e Tarcísio Maia, para citar apenas as três mais representativas. De algumas delas foi auxiliar direto na condição de secretário ou assessor. Manoel de Brito foi o primeiro chefe da Representação do Governo do Rio Grande do Norte quando a capital federal era o Rio de Janeiro.

O Jornal de Hoje destaca que, para contar toda sua história de vida, Manoel de Brito decidiu escrever o livro com o título de “Tempos Marcantes”, que deverá ser autografado no próximo ano. O livro, segundo o próprio autor que recebeu o repórter d’O Jornal de Hoje no seu gabinete de trabalho na Escola Doméstica de Natal, relata fatos vivenciados por ele durante mais de 60 anos de atividades exercendo vários cargos públicos, inclusive mandato eletivo de deputado estadual, eleito em 1954 e reeleito em 1958. Ele teve como companheiros de parlamento, personalidades como Motta Neto, Lauro Arruda, Aderson Dutra, Manoel Torres, Francisco Seráfico Dantas, Jocelim Vilar, José Fernandes de Melo, Múcio Vilar Ribeiro Dantas, entre outros. Após deixar a Assembleia Legislativa, Manoel de Brito foi indicado para o Tribunal de Contas do Estado onde se aposentou em 1979.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

maio 2022
DSTQQSS
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031 
Categorias