Maluf processa promotor que o colocou na lista da Interpol

A assessoria do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) informou por meio de nota divulgada nesta terça-feira que o deputado vai processar o promotor de Nova York que o colocou na lista de procurados da Interpol, uma espécie de polícia internacional.

O texto, assinado por Adilson Laranjeira, assessor de imprensa de Maluf, classifica a ação como “ilegal, descabida e intempestiva” a decisão e diz que o alerta “trata-se de mera vingança absurda, pelo fato de Maluf ter apresentado um projeto de lei que responsabiliza pessoalmente autores de processos ilegais e sem base jurídica”. Ainda de acordo com a nota, o deputado contratou advogados nos Estados Unidos para defendê-lo.

Maluf foi incluído na lista após investigação conjunta de promotores brasileiros e americanos, iniciada no Brasil em 2001. Em 2007, a Justiça americana determinou a prisão de Maluf pelos crimes de conspiração, auxílio na remessa de dinheiro ilegal para Nova York e roubo de dinheiro público em São Paulo.

3 respostas

  1. Como conheço a justiça de nosso país é mais fácil esse promotor ser condenado do que esse “ANJO” chamado Paulo Maluf.

  2. É de lascar mesmo, um ladrão safado desse ainda querer processar alguém. É muito cara-de-pau!!!!! Se fosse num país sério esse ladrão tava era preso e teria devolvido o dinheiro que roubou do povo (pelo menos o que sobrou).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

agosto 2021
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Categorias