Mais um açude sangra no Seridó

acude-da-santaMais um açude sangra no Seridó. Por volta das 18 horas, deste dia 29 de abril Exatamente, data em que se comemora o dia da inauguração do nosso açude Gargalheira.

Desta vez, foi o Açude das Oiticicas, popularmente, conhecido por Açude da Santa. Localiza-se encravado em pleno perímetro urbano da cidade do Acari, precisamente no Bairro Luiz Gonzaga e Dinarte Mariz, saída para Cruzeta.

Foi uma festa. Várias pessoas, inclusive crianças, ficaram eufóricas no início da sangria. Teve até girândola para anunciar o singular momento.

As águas descidas da serra vêm aumentando consideradamente a sangria. As últimas chuvas caídas em Acari provocaram mais uma alegria aos acarienses.

O Açude da Santa por vários anos abasteceu a população de Acari, antes da existência do nosso majestoso Gargalheira.

A origem do nome Oiticicas está relacionado à presença de inúmeros pés de oiticicas no riacho que o abastece. E, o nome Açude da Santa surgiu devido localizar-se nas terras pertencentes a padroeira Nossa Senhora da Guia.

Hoje o passeio da parede tem a denominação de José Oliveira (antigo guardião do Açude).

Suas águas transbordam para o Rio Acauã, indo desaguar na antiga barragem do Padre.

Uma resposta

  1. Estou vibrando com o nosso inverno de 2009, mesmo aqui em Natal estou acompanhando o dia a dia das sangrias dos nosso belos reservatórios. Fico feliz por causa do nosso povo sertanejo. Quero apenas acrescentar a sangria de um dos Açudes mais antigos do Seridó que fica em Jardim do Seridó que o “Açude Comissão”, construído na grande seca do ano de 1877. Fica apenas o recado do nosso da sangria do nosso esquecido “Açude Comissão”.
    Amanhã estarei vendo alguns deles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

julho 2022
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias