LAIS: Em 16 dias, 51 pacientes com covid morreram antes de conseguir leito

O Lais (Laboratório de Inovação Tecnológico em Saúde) da UFRN jogou lupas sobre análise no quadro de Pandemia no RN. Concluiu que entre os dias 12 e 28 de fevereiro, 51 pacientes perderam morreram antes mesmo de conseguir ser regulado para um leito destinado ao tratamento da Covid-19 no estado. Desse total, 39 óbitos ocorreram somente na região metropolitana de Natal (RN). 

Esses dados constam do documento Rio Grande do Norte: “uma nova onda”, construído por um grupo de pesquisadores do Lais, analisando toda a situação recente. 

O Lais monitora mais de 140 indicadores sobre a covid-19 no RN, “utilizando métodos computacionais robustos, que dão segurança para tomadas de decisão. Com isso, o  Rio Grande do Norte é um dos poucos estados do Brasil que consegue monitorar, além dos dados epidemiológicos, os dados assistenciais de forma on-line e com um alto índice de confiabilidade e transparência. Portanto, é importante que as análises sejam sempre bem fundamentadas para que se possa qualificar melhor as informações para toda a sociedade”, informa. 

O relatório é assinado pelo diretor do Lais, professor Ricardo Valentim, pelos pesquisadores Higor Morais, Nícolas Veras, Pablo Holanda e Rodrigo Silva, além do imunologista Leonardo Lima e da infectologista Mônica Bay, do Hospital Giselda Trigueira.

Informa também sobre a taxa de transmissibilidade dos municípios, as consequências das aglomerações e as principais recomendações, como o retorno de 100% da frota de ônibus, para o enfrentamento da pandemia.

BZ Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias

O carnaval de Dilma em Natal

Informação na coluna “Notas e Comentários”, da Tribuna do Norte, repercutiu furo dado pelo blog, em relação à vinda de Dilma para o carnaval em

Leia Mais