Justiça Federal do RN condena colombiano por uso de documento falso e falsidade ideológica

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte condenou o colombiano Jeiner Duvan Vitery Caicedo. Ele foi acusado de praticar 15 vezes o crime de falsidade ideológica, cinco vezes o crime de falsificação de documento público e sete vezes o crime de uso de documento falso. O colombiano, que está com processo de extradição expedido pelo Supremo Tribunal Federal, no ato da prisão foi encontrado com documentos falsos.

Ele foi condenado a 11 anos e 2 meses de reclusão. A sentença foi proferida pelo Juiz Federal Orlan Donato Rocha, em audiência de instrução e julgamento, o qual atuou em substituição legal na 2ª Vara Federal do Rio Grande do Norte. O magistrado determinou a manutenção da prisão preventiva do estrangeiro, que se encontra na Cadeia Pública de Natal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias