Júri se reúne pelo 2º dia em julgamento de Trump

O júri que julga se Donald Trump entra no segundo dia, nesta quinta-feira (30). O político é acusado de falsificar registros empresariais para encobrir pagamentos à atriz pornô Stormy Daniels. São 34 acusações –cada uma trata da falsificação de um documento diferente. O júri precisa chegar a um veredicto de “culpado” ou “não culpado” para cada uma delas de maneira unânime. Não há prazo para que a decisão seja divulgada –pode levar horas ou semanas.

Na quarta, o grupo, formado por 12 pessoas, se reuniu durante quatro horas e meia. A tarefa é inédita: condenar ou absolver, pela primeira vez na história, um ex-presidente americano acusado de crimes.

Há ainda outros três processos criminais contra Trump, mas nenhum deles deve ser concluído antes da eleição, em 5 de novembro, graças a uma estratégia bem-sucedida da defesa de protelar o andamento.

Neste momento, não há nem sequer data prevista de início nos casos em que ele é acusado de tentativa de reverter a eleição de 2020, interferência eleitoral na Geórgia em 2020, e posse ilegal de documentos sigilosos.

O grupo de 12 pessoas é formado por residentes de Nova York. O fato de a cidade ser fortemente democrata é uma das reclamações da defesa de Trump, que vê no júri um viés contra o ex-presidente. Há ainda outros 6 jurados substitutos, que assumem a vaga caso algo impeça um jurado principal de cumprir suas funções. A identidade dos jurados não pode ser revelada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias