Juiz foi quem proibiu nova pesquisa eleitoral em Serra Negra do Norte

A Justiça Eleitoral do RN proibiu a divulgação de nova pesquisa eleitoral em Serra Negra do Norte, desta vez realizada pelo Instituto Brâmane.

A impugnação da pesquisa foi feita pelo Partido Social Democrático (PSD). Foi a segunda pesquisa eleitoral no Município com divulgação suspensa após ação da assessoria jurídica do PSD, que tem à frente o advogado eleitoralista Augusto Maia.

A decisão do Juiz Bruno Montenegro, da 26ª Zona Eleitoral, concluiu que “a ausência de parâmetros objetivos no plano amostral, no que tange à classificação dos entrevistados por grau de instrução e nível socioeconômico, conduz a desvios na apropriada representação da população local, o que acarreta, por conseguinte, a irregularidade da pesquisa”.

A nova pesquisa com divulgação proibida estava registrada com o número RN-06749/2024 e tinha previsão de divulgação para o próximo domingo (19), tendo ouvido 500 eleitores na zona rural e urbana, com números para o cargo de prefeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias