Jogo marcado pela violência dá vaga ao Furacão e rebaixa o Vasco

briga vasco
GAZETA ESPORTIVA – Em um dos capítulos mais lamentáveis dos últimos anos no futebol brasileiro, a partida entre Atlético Paranaense e Vasco da Gama, válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro 2013, na Arena Joinville, foi tragicamente marcada pela violência. A expressiva vitória atleticana, por 5 a 1, que garantiu a vaga na Libertadores da America e confirmou o rebaixamento do adversário para a Série B, ficou manchada mais por suas cenas de selvageria do que por sua importância na competição.

O Furacão vencia por 1 a 0 dentro das quatro linhas, mas fora delas o esporte foi deixado de lado para uma verdadeira batalha campal a partir dos 14 minutos, com direito a helicóptero pousando no gramado para atendimento de feridos. Após mais de uma hora de paralisação e muita pressão, a bola voltou a rolar. Ainda no primeiro tempo, Edmílson, no susto, empatou aos 40 minutos. Quatro minutos depois, Ederson fez seu 19º gol no Brasileirão.

Depois do intervalo, Paulo Baier, que participou de três gols, lançou Ederson, que teve calma para servir Marcelo, que dominou e com categoria chutou para fazer o terceiro, aos 18 minutos. Aos 36 minutos e aos 40 minutos, Ederson fechou a contagem, garantindo a terceira colocação, com 64 pontos e o 20º gol na artilharia.

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

O Carnaval e a Previdência

Enquanto o Brasil inteiro pára durante os festejos do carnaval, o presidente Michel Temer (MDB) faz as contas. Ele quer aprovar a Reforma da Previdência

Leia Mais

Seridoense é homenageada pela FIFA

Nascida em Cruzeta, a turismóloga Pâmela Medeiros foi a única voluntária brasileira a receber o prêmio “Fair Play”, em reconhecimento pelo trabalho realizado durante a

Leia Mais