Investigação de internet grátis atinge ministro paraibano

O Ministério Público da Paraíba investiga a suspeita de fraude na licitação de um programa para oferecer internet grátis em João Pessoa. A investigação teve início em novembro de 2010, oito meses após o projeto ser inaugurado pelo então secretário de Ciência e Tecnologia, Aguinaldo Ribeiro – hoje ministro das Cidades.

Ribeiro diz que assumiu o cargo quando a licitação já estava concluída. O programa, inicialmente orçado em R$ 27 milhões, custou R$ 6,2 milhões – dos quais R$ 4,7 milhões foram repassados pelo governo federal. Segundo o promotor João Benjamin Delgado Neto, há indícios de superfaturamento no processo de aquisição de equipamentos, fornecidos pela empresa Ideia Digital.

Os problemas envolvendo o projeto, conhecido como “Jampa Digital”, foram veiculados em reportagem do “Fantástico”, da TV Globo. O projeto, segundo moradores da cidade, não funciona há mais de um ano. A prefeitura admitiu falhas, mas não na licitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

Qual será o bicho?

Governadores propuseram a votação de um projeto que regulariza jogos de azar no país e destina os recursos obtidos com impostos a um fundo de

Leia Mais

É mentira de Natália …

… Bonavides! Apesar da nota (leia mais abaixo) em que ela tenta justificar sua própria MENTIRA encaminhada aos meios de comunicação é MENTIRA! Ela votou

Leia Mais