Guedes quer ajuste para ter R$ 20 bilhões e bancar nova rodada do auxílio emergencial

guedes 1 1024x615 1 Guedes quer ajuste para ter R$ 20 bilhões e bancar nova rodada do auxílio emergencial

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse às lideranças do Congresso que vai precisar de uma nova versão de uma “Proposta de Emenda Constitucional (PEC) de guerra” para conceder mais três parcelas de R$ 200 do auxílio emergencial aos informais, com custo total de cerca R$ 20 bilhões – valor semelhante ao previsto para compra das vacinas contra a covid-19.

Na avaliação de Guedes e sua equipe, esse novo texto da PEC precisa conter uma cláusula de calamidade pública, para dar segurança jurídica à concessão do auxílio emergencial com a edição de um crédito extraordinário, e estar associado às medidas fiscais contidas na PEC do pacto federativo.

Uma minuta do texto está sendo preparada pela equipe econômica para ser apresentada aos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-PB). O diagnóstico apresentado pela equipe econômica é de que o auxílio emergencial é para o enfrentamento da covid-19 e o agravamento da pandemia pede um protocolo de crise com a cláusula de calamidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Papa escorrega e quebra o pulso

O papa Bento XVI escorregou no banheiro nesta sexta-feira (17) e quebrou o pulso, mas assessores disseram não haver motivos para preocupação com a saúde

Leia Mais

O PT passa o chapéu

Em seu site, os petistas estão pedindo doações com a seguinte mensagem: “O PT está sob ataque, e inviabilizar o partido financeiramente faz parte desta

Leia Mais