Guararapes concentrará produção no RN e vai fomentar o Pró-Sertão

A boa logística de produção existente no Rio Grande do Norte (RN) é foco dos investimentos do Grupo Guararapes no Estado em 2023, que se prepara para centralizar a produção fabril em solo potiguar, com estimativa de gerar cerca de 2 mil empregos diretos e indiretos na própria unidade, em Extremoz, e também nas facções têxteis do interior que integram o Pró-Sertão.

A decisão estratégica deve permitir, de início, a abertura de 200 novos postos de trabalho, com incremento da produção na lavanderia da unidade. Já para as facções, a estimativa é crescer até 30% com o reforço na produção, de acordo com a Associação Seridoense de Confecções (Asconf).

“Em um primeiro momento, a lavanderia ganhará um aumento de produção, em virtude da demanda da lavagem do que é produzido no Pró-Sertão na unidade de Natal. Inicialmente, são de cerca de 200 contratações que nós estamos agregando. É o primeiro setor onde estaremos aumentando o quadro [de colaboradores]”, confirma o diretor executivo industrial da Guararapes, Jairo Amorim.

Nesta terça-feira (10), o Grupo anunciou o encerramento das atividades da única fábrica ativa em Fortaleza (CE) e a centralização da produção no Rio Grande do Norte(RN).

TN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias