Futebol demite 20 mil por ano e o governo nada faz

futebolUma crise política sempre acontece quando montadoras de automóveis ameaçam demitir funcionários, mas o governo está pouco ligando para o drama dos mais de 20 mil demitidos anuais pelos clubes de futebol do Brasil, entre jogadores, técnicos, preparadores físicos, massagistas, etc. Levantamento de entidades de atletas mostra que, dos 684 clubes, apenas uma centena deles mantêm contratados durante o ano inteiro.

SÓ A 1ª PARTE
Manter o emprego não põe fim ao problema e o Ministério Público do Trabalho já registrou mil ações por falta de pagamento desde 2002.

SEMPRE PODE PIORAR
Se o acesso ao seguro-desemprego já era difícil para jogadores, a MP 665 tornou impossível ao exigir um ano de contrato para ter o benefício.

IGNORADOS DE FATO
Não há uma só linha na MP do Futebol (nº 671) sobre demissões em massa, mas vários artigos sobre o parcelamento de dívidas dos clubes.

Por Cláudio Humberto

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias

Conab tenta regularizar estoques

Amanhã, 27 de março, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realiza leilão eletrônico para a aquisição

Leia Mais