Força Nacional pode cortar 2/3 do efetivo por questões orçamentárias

Principal braço executor do Plano Nacional de Segurança do governo Michel Temer (PMDB), a Força Nacional de Segurança poderá perder 66% do seu efetivo de 2.350 homens e mulheres por questões orçamentárias até o fim deste mês.

Diante de um déficit previsto de R$ 120 milhões, o coordenador-geral da administração do departamento responsável pela gestão da tropa, João Francisco Goulart dos Santos, sugeriu que o Ministério da Justiça desmobilize 1.550 policiais e militares da reserva que hoje compõem o efetivo ou peça uma suplementação para conseguir pagar diárias e passagens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

junho 2022
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias