Foliaduto de Guamaré poderá afastar prefeito Auricélio dos Santos

A mesa diretora da Câmara Municipal de Guamaré encaminhou à Procuradoria Geral de Justiça do Rio Grande do Norte a denúncia de que o prefeito Auricélio dos Santos Teixeira (PTB) teria supostamente desviado recursos através de contratos superfaturados com bandas musicais.

A base da acusação é o fato da atual gestão já ter gasto cerca de R$ 2,5 milhões na contratação de shows, tanto na festa da padroeira, em 2009, quanto no carnaval deste ano. A Câmara, no entanto, não detalha os valores pagos em cada contrato, impedindo o comparativo com o cachê cobrado normalmente por conjuntos musicais que tocaram na cidade.

No documento de 12 páginas, os vereadores se referem ao suposto desvio como “Foliaduto de Guamaré” e pedem que seja aberto um processo pela cassação de Auricélio. O prefeito afirmou que a denúncia de superfaturamento é falsa, que os valores da contratação das bandas são os “de mercado”.

O blog comenta: qualquer semelhança com o Foliaduto do governo de Wilma de Faria não será mera coincidência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias