Evangélicos: diversidade não é assunto do MEC

IMG_8697

A bancada evangélica quer que o Ministério da Educação (MEC) retire das funções de uma de suas diretorias o desenvolvimento de programas e ações sobre diversidade de gênero e orientação sexual. O pedido foi encaminhado por ofício ao ministro Mendonça Filho pelo deputado Flavinho (PSB-SP). Ele diz que a inclusão ou não dos temas como política pública da pasta deve passar pelo Congresso.

O deputado contesta um decreto do ministério, publicado no Diário Oficial da União em 14 de março, que reestrutura cargos da pasta. Em anexo, constam as atribuições de cada secretaria e diretoria do MEC. Flavinho diz que o ministério aproveitou a reconfiguração dos cargos para inserir entre as funções da Diretoria de Políticas de Educação em Direitos Humanos e Cidadania a elaboração de programas sobre os temas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

Foi Beto Rosado e não Girão

Foi o deputado federal Beto Rosado (PP) e não o deputado federal Girão (PSL) quem articulou a vinda da ministra da Agricultura Tereza Cristina ao

Leia Mais

Bolsonaro: sem sexo nas escolas

“Os pais querem ter tranquilidade quando mandam o filho para a escola. Não é para aprender a fazer sexo, não!”. Do futuro presidente Jair Bolsonaro.

Leia Mais

Kelps com Robinson

Observadores da cena política local estranharam hoje, 26, a presença do deputado Kelps Lima (Solidariedade), candidato à prefeito de Natal, em solenidade realizada no município

Leia Mais

A fábrica de boatos

As redes sociais, apesar de aproximarem os cidadãos dos políticos, criaram também uma rede de boatos, capaz de destruir reputações. Num cenário hostil como o

Leia Mais