“Eu estou protegido com Ivermectina”, diz Álvaro Dias

“Sou médico, do grupo de risco. Estou em contato permanente com o hospital de campanha. Também me incluo dentro do grupo dos profissionais de saúde que estão em permanente contato e, portanto, sujeito a riscos de contaminação. Mas, tendo em vista que alguns grupos procuraram distorcer a disponibilidade que nós tivemos de ser o primeiro para dar o exemplo, resolvemos repensar. Eu estou protegido porque tomo a Ivermectina. Então posso deixar para tomar a vacina numa etapa posterior”, declarou Álvaro Dias, após a desistência de ser o primeiro a tomar a vacina em Natal (RN).

PS: Os argumentos de Álvaro são válidos para ser o primeiro a tomar a vacina. Outros prefeitos nas suas cidades que, igualmente, são médicos, estão fazendo a mesma coisa que ele deixou de fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias

O Brasil ainda pensa. Huck é rejeitado

Levantamento inédito do Instituto Paraná Pesquisas aponta alta rejeição a uma candidatura de Luciano Huck à presidência. Para 60,4% dos ouvidos, ele não deve entrar para a política.

Leia Mais

Temer e Marcela de mudança

O presidente Michel Temer, a primeira-dama, Marcela Temer, e o filho Michelzinho deixaram o Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-presidência, e se mudaram para

Leia Mais

Faça mesmo, governador!

O governador do Estado do Rio Grande do Norte Robinson Faria que esteve no Seridó, recentemente, garantiu que mandará refazer a estrada que liga Jucurutu

Leia Mais