Elídio relembra o cancelamento do concurso público de Jardim de Piranhas

O cancelamento do concurso público de Jardim de Piranhas e as centenas de pessoas prejudicadas foi um dos temas do último programa de rádio da coligação Diga Sim a Jardim, dos candidatos Elídio Queiroz e Naná da Farmácia. Dois anos depois da seleção pública e mais de um ano do seu cancelamento por fraude, ninguém teve nenhuma resposta nem recebeu a devolução da taxa de inscrição.

 A odontóloga Aline Araújo Nogueira é uma das centenas de pessoas que nunca recebeu seu dinheiro de volta nem qualquer explicação. “Ainda tenho os comprovantes de inscrição e pagamento lá em casa”, disse ela. Além de esquecer os prejudicados, a atual administração também virou as costas para a urgente necessidade de contratação de efetivos para reduzir o grande número de cargos comissionados na Prefeitura o que, na teoria, é ilegal.

 O cancelamento do concurso aconteceu em julho do ano passado devido suspeita de aprovação de candidato que não preencheu a prova e o gabarito; anulação de questões que deveriam ter o gabarito modificado; erros flagrantes no julgamento de recursos. O promotor público considerou ainda, a existência de vários servidores contratados ilegalmente que foram aprovados para os cargos que já exercem no município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias