Eleição no Senado deve ter disputa Pacheco X Marinho

O Senador eleito pelo PL do Rio Grande do Norte (RN), Rogério Marinho, deve lançar sua candidatura à presidente do Senado na quarta-feira (7.dez.2022). Ex-ministro do Desenvolvimento Regional no governo de Jair Bolsonaro (PL), o futuro congressista terá apoio de todos os aliados do atual chefe do Executivo.

O adversário de Marinho – e, por ora, o único – será o atual presidente da Casa Alta, Senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG). O mineiro está apalavrado com o PT e apoiadores do futuro governo. Tem como principal cabo eleitoral o ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre (União Brasil-AP), que planeja retornar ao cargo em 2025.

COMO VOTA, SENADOR?

O Poder360 apurou que na virada de 2022 para 2023 haverá cerca de 30 votos a favor de cada um dos candidatos. O Senado tem 81 senadores. É precis0 ter, pelo menos, 41 apoios para ser eleito.

PL REFORÇADO

O PL terá a maior bancada do Senado a partir de 1º de fevereiro de 2023, quando começa a nova Legislatura. Terá 14 de 81 cadeiras. O número, no entanto, ainda pode crescer, com a entrada de Chico Rodrigues (União Brasil-RR) na legenda de Valdemar Costa Neto.

Poder360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

fevereiro 2023
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728 
Categorias