Dólar sobe e fecha a R$ 5,357, maior valor desde 4 de janeiro de 2023

O dólar à vista mais uma vez ganhou força ante o real e encerrou nesta segunda-feira (10) na maior cotação em mais de um ano. A divisa americana chegou ao final dos negócios cotada a R$ 5,357, a maior cotação desde o dia 4 de janeiro de 2023, de acordo com informações do portal InfoMoney. A valorização está alinhada com o avanço da divisa no exterior, em que o cenário político europeu pesou sobre o euro.

As incertezas em torno da questão fiscal brasileira e seus impactos sobre a política de juros do Banco Central também contribuíam para o avanço das cotações.

Pela manhã o Banco Central (BC) vendeu todos os 12.000 contratos de swap cambial tradicionais ofertadas para rolagem dos vencimentos de agosto.

Dólar comercial

Compra: R$ 5,356

Venda: R$ 5,357

Dólar turismo

Compra: R$ 5,384

Venda: R$ 5,564

O dólar à vista fechou na sexta-feira (7) em alta de 1,44%, aos R$ 5,3247, mas o dólar para julho — que encerra a sessão mais tarde — andou bem mais, terminando em alta de 1,80%, cotado a R$ 5,3650.

Esta discrepância de R$ 0,04 entre os fechamentos levou a ajustes técnicos nesta segunda-feira. Na prática, percentualmente o dólar à vista subiu mais durante a sessão, enquanto a moeda para julho apresentou altas mais modestas.

“É mais um ajuste técnico do que qualquer coisa”, afirmou Jefferson Rugik, diretor da Correparti Corretora, ao justificar o avanço mais intenso do dólar ante o real no mercado à vista.

No início da sessão, o dólar à vista chegou a oscilar no território negativo, marcando a mínima de 5,3155 reais (-0,17%). Mas as cotações aceleraram ainda nas primeiras horas do dia, com a moeda à vista atingindo a máxima de 5,3901 reais (+1,23%).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias