Documentos comprovam envolvimento de advogado currais-novense com empresa Inspar

Por Thaisa Galvão*

Inspeção Veicular: um escândalo que passa de um governo para o outro?

Do blog www.girando.com.br/planalto do jornalista potiguar Erick Dias, ex-repórter do Jornal de Hoje e que mora em Brasília, de onde acompanha a cena… falando sobre a tal Inspeção Veicular, aprovada ainda no governo Iberê, apontada como um escândalo…mas bem adaptada ao novo governo….

COINCIDÊNCIAS, NADA MAIS?

Recebi ontem, de uma fonte mais que segura, documentos que podem finalmente explicar a verdadeira história da inspeção veicular no Rio Grande do Norte. Os documentos, apresentados pela fonte, não deixam dúvidas de que o senhor George Olímpio, advogado (OAB 04836) e diretor da Inspar, e o senhor Marcus Vinícius Furtado da Cunha, também advogado (OAB 04244) e procurador geral do DETRAN-RN (órgão responsável pela licitação da inspeção veicular), são sócios em um escritório de advocacia situado em Natal.

Fazendo uma consulta ao portal da OAB-RN na internet, há duas semanas, a fonte (que preferiu não se identificar) constatou que o endereço profissional registrado na Ordem pelos dois advogados era o mesmo. No registro, além do prédio no mesmo endereço, os dois dividiam o mesmo número de telefone e estavam localizados em salas vizinhas.

Um detalhe interessante é que na manhã de ontem, uma nova pesquisa foi realizada na página da instituição e a informação sobre o endereço profissional do advogado Marcus Vinícius havia sido alterada, não constando mais o mesmo endereço do sócio George Olímpio. Provavelmente uma mudança para evitar que a coincidência fosse descoberta.

Outro fato que comprova a sociedade entre o diretor da Inspar e o procurador geral do DETRAN-RN são alguns processos em tramitação na Justiça Estadual, onde os dois atuam conjuntamente como advogados. Numa rápida consulta ao site do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, é fácil encontrar processos como o 001.07.242998-5 e o 001.08.003005-0, nos quais os dois aparecem como advogados de uma mesma parte.

Não quero aqui acusar ninguém, mas é – no mínimo – muito estranha essa relação direta entre a Inspar e o DETRAN-RN. A empresa foi escolhida para atuar na inspeção veicular – um negócio que poderá gerar um faturamento de mais de R$ 80 milhões por ano – sem que fosse feita uma licitação sequer. Mesmo tendo menos de um ano de vida e nunca tendo inspecionado nem aspirador de pó – já que foi criada em 2010 especificamente para atuar na verificação de veículos – ela foi considerada apta a realizar a inspeção em todo o RN pelo órgão estadual.

Espero que o Ministério Público investigue o caso como deve ser investigado. Pode ser que seja apenas uma coincidência que a empresa contratada, sem licitação, seja dirigida por um advogado sócio do procurador geral do DETRAN, pode ser. Mas, como o negócio irá movimentar milhões de reais, dinheiro pago pelo contribuinte, é necessário que o MP aprofunde essa investigação.

* Publicada em fevereiro deste ano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias